Dicas para você manter seus relacionamentos saudáveis

Casal feliz

Confira 10 dicas de como construir e manter conexões poderosas com seus entes queridos.

Relações humanas não são perfeitas, afinal, se fossem não seriam humanas. Entretanto, é fundamental que, no saldo diário, esses laços sejam positivos. Afinal, buscar manter seus relacionamentos saudáveis é uma forma de contribuir para a própria felicidade e, também, das outras pessoas.

Continue a leitura para conferir dicas para se relacionar de forma saudável e equilibrada com familiares, amigos e a pessoa amada. Acredite, se dedicar para isso poderá trazer muitos benefícios para a sua vida.

Quer eliminar hábitos tóxicos da sua vida?

Preencha AGORA o formulário para saber como!

logo detox branca

A Importância de manter relacionamentos saudáveis

Considerando sua vida atual, mas em uma realidade em que não tivesse a companhia de seus familiares e amigos, como acha que estaria? Difícil imaginar um mundo sem pessoas tão importantes, não é mesmo?

É estranho pensar em uma realidade sem relacionamentos simplesmente porque precisamos deles. As relações possuem um grande peso para o bem-estar dos seres humanos, sempre foi assim.

Nós apenas sobrevivemos desde os primórdios da humanidade porque pudemos contar uns com os outros. Essa união é importante tanto do ponto de vista prático quanto emocional e é por isso que devemos nos esforçar para cultivar esses laços de modo positivo.

10 Dicas para manter relacionamentos saudáveis

Se você deseja manter relacionamentos saudáveis, antes de cobrar algo do outro, faça a sua parte. Confira, a seguir, dicas de como construir e manter conexões poderosas com seus entes queridos.

1. Respeite as diferenças

O respeito é, sem dúvida, a base de qualquer relacionamento. Se você busca conquistar relações saudáveis e proveitosas, comece aprendendo a respeitar o próximo. Vale mencionar que isso se aplica até a famílias, afinal, mesmo dentro delas as diferenças existem.

Lembre-se de que você sempre terá que conviver com pessoas com diferentes opiniões, personalidades e com criações e valores distintos. Portanto, para que não haja conflitos, é necessário saber respeitar essas diferenças.

Em vez de se mostrar resistente com as divergências, aprenda com elas. Você pode perfeitamente ouvir as opiniões de terceiros e tirar lições a respeito. A intenção não é que concorde com tudo e sim que se abra para conhecer novas visões de mundo.

2. Realize gestos de gentileza

Com certeza, você já deve ter ouvido uma expressão bastante famosa que diz que gentileza gera gentileza. Saiba que essa dica também se aplica muito bem aos relacionamentos de qualquer espécie ou natureza.

Em vez de ficar esperando mais do outro e mergulhar em um mar de insatisfação, comece a agir. Seja você a mudança ou a atitude que tanto espera das pessoas. Dessa forma, além de assumir uma postura ativa, irá estimular os demais a seguirem por um caminho semelhante.

Pratique gestos de gentileza e bondade em vez de brigar. Lembre-se de que a maneira como os outros te tratarem será reflexo do seu próprio comportamento. Por isso, experimente agir de modo positivo e aumente as chances de receber o mesmo como resposta.

3. Exercite sua paciência

Uma das principais características para se ter bons relacionamentos é a paciência. Nesse sentido, aprenda a manter a calma, a tolerância e a tranquilidade em todos os momentos, mesmo nos períodos de conflito.

A paciência ajuda a não perder a mansidão, a razão e, principalmente, dá sabedoria para agir nos momentos desafiadores. Sempre que perceber que está perdendo a calma, pare, respire e, se possível, se afaste fisicamente da situação. Assim, conseguirá refletir e agir com sabedoria.

4. A boa comunicação faz toda a diferença

Manter um diálogo aberto e transparente é um dos itens mais importantes na busca por manter bons relacionamentos. A comunicação pode resolver muitos problemas e, muitas vezes, até evitá-los.

Observe como tem se comunicado com as pessoas próximas. Verifique se tem conseguido se fazer entender ou se a mensagem não está sendo passada como gostaria. Analise a forma como se expressa, o tom de voz e se tem ouvido o outro, pois tudo isso influencia.

5. Dê espaço para as pessoas

Para manter a proximidade com as pessoas é preciso saber quando é hora se afastar. Afinal, todos precisam de tempo para fazer suas próprias coisas. Se você é do tipo que gosta de estar o tempo todo junto, pense no que motiva essa necessidade.

Procure ter em mente que dar espaço para as pessoas não fará com que deixem de gostar de você. Em vez de sofrer com isso, prefira dedicar esse tempo para fazer algo que goste, como encontrar outros amigos, estudar, praticar um esporte, cuidar de si e o que mais fizer sentido.

6. Incentive as pessoas

Quando uma pessoa vier compartilhar um objetivo ou plano contigo, incentive-a! Evite ser aquele tipo de gente que apenas coloca defeitos nas ações do outro. Lembrando que isso não significa deixar de alertar quando julgar necessário. A ideia é ser um incentivador em vez de alguém que joga baldes de água fria nos sonhos alheios.

7. Peça feedbacks

Assim como no trabalho ouvir feedbacks ajuda no desenvolvimento profissional, o mesmo se aplica aos relacionamentos. Dessa maneira, adote o hábito de pedir feedbacks para as pessoas e se mostre aberto a ouvir o que elas disserem. Isso te ajudará a ser mais amigo, compreensivo, paciente, entre outras habilidades.

8. Cuide da sua autoestima

Não dá para falar sobre atitudes importantes para manter relacionamentos saudáveis sem citar a relação que tem consigo mesmo. Cuidar da sua autoestima é essencial para que evite projetar suas inseguranças no outro.

Pessoas que se sentem confortáveis sendo quem são, não fazem cenas de ciúme e nem se sentem ameaçadas pelos outros relacionamentos dos seus entes queridos. Assim, as relações se tornam leves e equilibradas.

9. Mantenha o bom humor

Existem pessoas que são mais reservadas, enquanto outras são mais expansivas. Contudo, em ambas as situações é possível ter o bom humor como uma marca. Experimente rir mais, ver as coisas com mais leveza e não se levar tão a sério, isso fará com que seja uma companhia agradável e desejada.

10. Reconheça suas falhas

Por mais que se esforce para contribuir para que seus relacionamentos sejam positivos, é natural que cometa erros. Nesses casos, o importante é reconhecer que falhou e fazer o que estiver ao seu alcance para consertar a situação.

Para alguns parece óbvio ter essa postura, porém outros enfrentam dificuldade de se responsabilizar. Se você perde a paciência e se exalta com o outro, a responsabilidade pelo seu comportamento é sua e não dele. Reconhecer isso fará toda a diferença em suas relações.

Gostou das dicas? Comece a colocá-las em prática o quanto antes e desfrute os benefícios de ter relacionamentos saudáveis.

O artigo é bom, né?

No IBC é assim, não custa nada evoluir e alcançar resultados extraordinários. Se você quer seguir por esse caminho de evolução é só baixar o nosso e-book gratuito,
Tudo sobre Coaching. Preencha o formulário abaixo com seus dados para ler.
José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010