Relacionamento enérgico: o que toda organização deve almejar

equipe de trabalho feliz

Saiba como o relacionamento enérgico é importante.

O que há de mais importante hoje no mercado profissional é a comunicação. Sempre achamos que para nos comunicarmos precisávamos apenas dos nossos cinco sentidos: visão, audição, tato, paladar e olfato. Mas, também conseguimos enviar mensagem por meio do nosso campo magnético, ou seja, emitimos energia que chegará ao ambiente e às pessoas.

Esse fator é conhecido nas empresas como relacionamento enérgico. É por influência dele que a produtividade, a motivação e a liderança podem fazer toda a diferença na organização. Todos esses elementos se completam e o objetivo final é o sucesso. Mas, tudo depende da sinergia do cotidiano no trabalho para que esses fatores funcionem em harmonia.

Esse tipo de relacionamento vem sendo almejado no mercado cada dia mais, pois já é possível perceber que um ambiente saudável faz toda a diferença. Trabalhar em um ambiente hostil prejudica a produtividade até dos colaboradores mais motivados. Continue lendo para entender mais sobre o tema.

O que é relacionamento enérgico?

Para que um ambiente de trabalho seja produtivo é fundamental que seja regido pelo relacionamento enérgico. Trata-se de um ponto essencial para fortalecer e motivar as equipes. Esse relacionamento não é algo fácil de se conquistar, mas se trata de um ideário de qualquer organização. 

O relacionamento enérgico refere-se ao estabelecimento de uma relação constante e motivacional entre as pessoas. Por meio de processos criativos e organizados, os indivíduos tentam tornar seu cotidiano mais positivo. A criação de vínculos fortes entre os membros da equipe é crucial para o sucesso em diferentes empreitadas. 

Liderança e relacionamento enérgico 

Devemos pontuar que a liderança e o relacionamento enérgico consistem em uma via de mão dupla. Isso significa que podem ser constituintes e constituídos um pelo outro. As duas direções são essenciais para que a equipe seja bem-sucedida.

Para a liderança, o relacionamento enérgico tem grande relevância. Funciona como uma base de apoio, uma vez que ninguém realiza nada sozinho. Os bons resultados corporativos dependem da sinergia entre a equipe e o líder.

Em um ambiente em que há uma relação pautada pela confiança e pela colaboração é mais fácil concretizar o alcance de metas. Os colaboradores se motivam ao entender que estão em um local seguro e de forte troca.

O líder de uma equipe que desenvolveu o relacionamento enérgico tem ainda acesso a feedbacks privilegiados. O engajamento da equipe permite entender com mais clareza os cenários, de maneira a poder consertar eventuais erros. 

Esse tipo de equipe funciona como um verdadeiro termômetro da liderança. O líder tem um papel imprescindível para cultivar o relacionamento enérgico que conduzirá a equipe ao alcance de suas metas. Nesse relacionamento é essencial que haja uma figura central que ajude a disseminar a confiança e a estratégia. 

Como implementar o relacionamento enérgico? 

Implementar o relacionamento enérgico não é uma tarefa fácil, uma vez que depende da disposição de toda a equipe. Para facilitar o processo, é fundamental que a empresa estimule a relação, o diálogo e atividades criativas que consigam estabelecer mudanças e atitudes positivas.

Não há dúvidas de que investir nesse processo é desenvolver grandes profissionais. O papel do líder é fundamental por estimular esse relacionamento enérgico que atrai ainda mais seus colaboradores, ganhando aliados para a realização das tarefas.

A colaboração entre as pessoas depende dessa relação de confiança e de planejamento. Todos os envolvidos devem ver o lado positivo em sua rotina de trabalho.

O grande desejo das organizações é que todos nós sejamos capazes de desenvolver esse relacionamento. Energizar sua equipe é o grande segredo para o sucesso. Confira a seguir como implementar esse conceito. 

1. Bom clima organizacional

Para que o relacionamento enérgico se desenvolva com sucesso é crucial que haja um bom clima organizacional. Os colaboradores devem se sentir inseridos em um ambiente acolhedor e receptivo às suas demandas. Quando existe hostilidade no ambiente corporativo é muito difícil desenvolver uma relação de confiança entre os membros da equipe.

Algumas maneiras de estimular um clima organizacional positivo é oferecer boas condições físicas de trabalho. Dessa forma, os profissionais se sentem confortáveis para realizar as suas tarefas. Sentir-se feliz durante a realização das suas atividades é essencial para se relacionar bem com os colegas.

2. Capacitação da equipe

Uma equipe devidamente capacitada também é importante que se desenvolva um relacionamento saudável. Empresas que investem no fornecimento de treinamentos dos seus colaboradores tendem a alcançar resultados mais promissores. Além de oferecer treinamentos com foco no desenvolvimento de habilidades técnicas, é essencial investir no treinamento das habilidades humanas.

O processo de Coaching pode ser um grande aliado para que os profissionais da equipe descubram mais sobre seu potencial. O autoconhecimento proporcionado por esse processo é algo que enriquece as entregas da equipe. Contar com pessoas mais preparadas é decisivo para fazer a diferença no mercado.

3. Desenvolvimento da liderança

O líder tem um papel determinante para que a equipe desenvolva um relacionamento enérgico. Dessa forma, é importante que haja investimento no pleno desenvolvimento da figura do líder.

Além de receber constante capacitação, é interessante que o líder tenha à sua disposição as ferramentas necessárias para fazer a diferença. A liderança deve ser realizada de tal forma que esteja aberta a críticas e a motivar seus colaboradores.

4. Definição de metas claras

Para que os membros da equipe desenvolvam um relacionamento enérgico é preciso contar com metas claras. Os colaboradores precisam saber o que estão buscando, isto é, entender quais são os verdadeiros objetivos. A companhia deve ter o cuidado de compartilhar com seus colaboradores quais são as metas e qual é a estratégia para realizá-las.

5. Avaliações constantes

O desenvolvimento de um trabalho claro e produtivo depende da realização de avaliações constantes. Isso significa avaliar as entregas e os meios que ajudaram a chegar até elas para entender se houve erros e como consertá-los. 

Esse processo de avaliação é determinante para renovar a energia da equipe e colocá-la no rumo certo. Trocas de feedbacks verdadeiros impulsionam o desenvolvimento do relacionamento enérgico. Refletir a respeito das ações e como melhorá-las é essencial para ter resultados mais significativos. 

Gostou de saber mais sobre relacionamento enérgico? Aproveite para deixar seu comentário abaixo e compartilhar o conteúdo em suas redes sociais.

José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010
CNPJ: 31.328.744/0001-63

This will close in 0 seconds