Erros comuns de chefes

Conheça os 9 erros mais comuns que os chefes cometem.

DepositPhotos autor: pressmaster Conheça os 9 erros mais comuns que os chefes cometem.

Exercer a função de chefia não é uma tarefa simples. Ser a referência de um grupo, coordená-lo para o atingimento das metas, ser cuidadoso no trato com seus subordinados, construir um ambiente de trabalho amistoso e agradável, elogiar para motivar e chamar atenção para orientar o melhor caminho, dentre outras atividades exclusivas da chefia. Porém, se os gestores estiverem atentos às questões que causam os problemas que refletem diretamente na qualidade do trabalho e desenvolverem a prática de liderar pessoas, certamente alcançarão um padrão de práticas de excelência, que conduzirá sua equipe a resultados extraordinários.

A fim de alertar os profissionais que desenvolvem atividades de chefia, elenco a seguir, 9 erros comumente verificados nas organizações para que sirvam de guia para uma boa condução dos colaboradores subordinados.

 

9 erros que os chefes cometem

 

Comunicação ineficiente

Ocorre com certa frequência. Chefes que, atordoados pela alta quantidade de trabalho e funções a serem delegadas, ou por outros motivos, não comunicam claramente suas expectativas quanto à um trabalho e, ao recebe-lo, demonstra sua insatisfação com o colaborador. Tal erro provoca um desagrado a ambas as partes, especialmente ao colaborador que terá um retrabalho devido à falta de instruções específicas.

Economizar nos elogios

O chefe que economiza nos elogios e não reconhece o trabalho de seus colaboradores falha por não prover a esses a motivação necessária para que melhorem constantemente no desempenho de suas atividades.

Promover a desconfiança no ambiente de trabalho

Ao conversar com um colaborador a respeito de outro, proferindo críticas e comentários negativos, o chefe instaura um clima de desconfiança no ambiente. O ideal é comunicar diretamente ao colaborador os pontos que vem gerando seu descontentamento.

Não proteger colaboradores subordinados

Ao invés de fazê-lo, é conivente com críticas negativas provenientes de outros setores. Se o chefe não defender sua equipe, quem o fará?

Prometer e não cumprir

Se após reiteradas promessas não cumpridas, a chefia perde sua credibilidade e qualquer promessa que faça, seja para motivar ou para outros fins, será ineficiente.

Ser conivente com adulações

Aceitar puxa-saquismo no ambiente de trabalho também é um fator que leva a diluição da credibilidade da chefia. Isso porque os colaboradores percebem que o mérito pelo desempenho não é o critério para ascender na organização.

Tratar sem educação

Quando o chefe profere suas ordens de forma arrogante, expressando completa falta de educação, os colaboradores podem considerar tais eventos na hora de colocar na balança as recompensas que o trabalho proporcionam e as situações indesejáveis que se submetem devido à sua atividade. Falta de educação não expressa autoridade e sim a incapacidade de lidar com a situação de forma objetiva, sem desespero.

Esquivar-se das responsabilidades

Muitas vezes chefes desconversam algumas requisições ou comentários de seus colaboradores subordinados, ignorando-as ou atribuindo tais responsabilidades a outras pessoas. Tal atitude promove o descrédito do chefe perante a sua equipe, já que se dirigir a esse é irrelevante.

Ser presunçoso

Muitos chefes quando assumem esse posto tornam-se presunçosos. A influência do ego no desempenho profissional é claramente perceptível e, tratando-se de uma chefia, suas implicações são ainda mais graves.

 

E você, já conheceu um chefe que cometia tais erros? Comente sua experiência e compartilhe esse artigo com seus amigos nas redes sociais.

O artigo é bom, né?

No IBC é assim, não custa nada evoluir e alcançar resultados extraordinários. Se você quer seguir por esse caminho de evolução é só baixar o nosso e-book gratuito,
Tudo sobre Coaching. Preencha o formulário abaixo com seus dados para ler.
Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010