Dicas para mudar de Carreira

Mulher escolhendo um caminho

Confira 7 Dicas para mudar de carreira.

Quero mudar de carreira! Com certeza, essa é uma das primeiras constatações que pairam na cabeça dos profissionais que estão insatisfeitos com suas profissões. Geralmente, essas pessoas querem mudar de área ou, especialmente, empreender em um próprio negócio.

Para isso, porém, é preciso ser focado e definir seu futuro com base em objetivos claros e consistentes. Não adianta decidir no impulso e simplesmente largar seu atual trabalho sem planejar como ficará sua vida financeira, pessoal e familiar.

É importante estar consciente de que fazer esta transição bruscamente impactará em todos os âmbitos de sua vida. Mas para que isso não aconteça, separamos algumas dicas para mudar de carreira sem que isso impacte negativamente em seus planos. Continue a leitura, confira as dicas e faça uma transição mais suave de carreira. 

7 Dicas para mudar de carreira

Muitas pessoas se questionam se estão no caminho profissional mais alinhado com suas expectativas. Nem sempre é fácil conquistar um lugar de destaque e ao longo dessa jornada as incertezas surgem. Sendo assim, é imprescindível fazer uma análise a respeito dos motivos que estão te direcionando para essa transição. 

Se, ao repassar os motivos e seus anseios em relação à nova carreira, você tiver certeza de que deseja fazer a transição, então é importante conferir as dicas abaixo. Listamos alguns passos que te ajudarão a mudar de carreira de forma mais organizada e tranquila. Ter segurança financeira e nas suas atitudes é fundamental para ser bem sucedido.

1. Faça o processo de Coaching de Carreira 

Segundo pesquisa realizada pela consultoria Robert Ralf, o Coaching de Carreira traz impactos positivos para 88% dos profissionais brasileiros. Esse apoio é realmente eficaz, pois proporciona autoconhecimento necessário para entender as motivações que o levaram ao desejo de mudança. Assim, a transição ocorrerá de forma estruturada e alinhada com suas metas de vida.

Mudar de carreira de forma brusca e sem o devido planejamento pode trazer frustração também para essa nova área de atuação. O indivíduo dificilmente conseguirá se firmar em uma nova área se não tiver o mínimo de estabilidade. No âmbito profissional não faz bem agir impulsivamente. 

2. Defina sua meta e conheça o mercado

Qual carreira deseja seguir? Qual área mais atende suas necessidades profissionais e pessoais? Com essa resposta você poderá fazer um planejamento adequado às demandas. Há uma série de motivos que podem levar uma pessoa a desejar fazer a transição de carreira, baixa remuneração ou até mesmo o status de outra área.

Contudo, antes de investir tempo e recursos financeiros para mudar, é fundamental conhecer o mercado. Muitas profissões têm uma fama que não corresponde a sua realidade. Há aquelas que, por exemplo, são relacionadas a uma ideia de glamour que não se aplica na vida real. Os salários podem ser mais baixos do que o esperado, então faça uma análise mais profunda do mercado em que pretende se inserir. 

3. Novos conhecimentos

Se você é administrador e deseja mudar de carreira drasticamente e atuar como chefe de cozinha, por exemplo, precisa conhecer as competências referentes a essa profissão. É fundamental desenvolver as habilidades gastronômicas adequadas, pois sem elas você não terá chances de sucesso. 

Essa transição pode significar, na prática, voltar à rotina de estudo e retroceder em termos hierárquicos. Se na profissão atual você já tem status sênior, pode se ver precisando estagiar novamente para iniciar sua trajetória na nova área de atuação. Ao tomar a decisão de mudar completamente os rumos profissionais é essencial levar essas questões em consideração. 

4. Defina um plano de ação 

Com seu objetivo definido, estabeleça as ações (fazer “X” cursos de atualização, aprender uma nova língua), qual o prazo para alcançar esse objetivo e os investimentos (tempo, financeiro e emocional) que precisará fazer. Tendo a compreensão de que é necessário se qualificar para dar início à sua nova carreira é importante planejar como isso será feito.

Tenha em mente como irá organizar todas as qualificações necessárias para alcançar seus objetivos. O ideal é decupar a sua meta final (tornar-se um profissional da área X) em pequenos objetivos, ou seja, passos para chegar a esse resultado. Liste os cursos necessários e as experiências que precisará acumular para poder se tornar um profissional respeitado. 

5. Identifique suas motivações

O que pesa mais em sua decisão: estresse, saúde, família, satisfação pessoal, mercado de trabalho ou retorno financeiro? Esse passo é importante para que você compreenda qual será o fator que te levará adiante na sua busca pelo sucesso. Além disso, também te permite entender o quanto está sendo movido por um desejo de paixão ou por um desejo racional.

Ter paixão pela profissão é importante para se sentir mais feliz e realizado com as suas escolhas. No entanto, se você tiver afinidade, ainda que sem tanta paixão, pela sua carreira também pode ter ótimos resultados. O que importa é não estar inserido em um contexto profissional que se tornará tóxico com o passar do tempo. Basicamente, a sua profissão deve ser capaz de te ajudar a conquistar seu sustento e alguma satisfação pessoal

6. Converse com outros profissionais

Conversar com pessoas que atuam na área em que deseja se inserir permitirá conhecer a rotina do trabalho. Lembra que mencionamos que algumas profissões parecem ser muito mais glamourosas do que realmente são? Essa conversa pode te poupar de se dedicar a entrar em um mercado que não irá lhe entregar aquilo que está procurando.

Mudar de carreira é algo muito sério e que demanda plena certeza do que está fazendo. Não dá para simplesmente descobrir que não a carreira não era o esperado depois de fazer um grande esforço para entrar nela. Além de conversar, você pode ler biografias de profissionais da área, assistir a palestras, enfim, se informar de verdade a respeito.

7. Tenha uma reserva financeira

Por fim, é crucial que o profissional que está no processo de transição de carreira tenha uma reserva financeira. Lembre-se de que em uma nova carreira você terá que recomeçar, ou seja, não começará com uma remuneração alta. 

Sendo assim, é importante ter uma reserva financeira que te permita manter seu padrão de vida ou pelo menos não reduzi-lo tanto. Durante esse período de qualificação e início de trabalho pode ser difícil se manter feliz e satisfeito sem ter uma segurança financeira. 

Gostou dessas dicas de como mudar de carreira? Deixe seu comentário abaixo!

O artigo é bom, né?

No IBC é assim, não custa nada evoluir e alcançar resultados extraordinários. Se você quer seguir por esse caminho de evolução é só baixar o nosso e-book gratuito,
Tudo sobre Coaching. Preencha o formulário abaixo com seus dados para ler.
José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010
CNPJ: 31.328.744/0001-63

This will close in 0 seconds