Qual é a importância da adaptabilidade na liderança?

navio de papel azul liderando entre outros barcos brancos

Confira a importância da adaptabilidade na liderança.

Em um mercado altamente competitivo e que muda de perspectiva rapidamente, é essencial ter adaptabilidade. Essa característica é necessária especialmente para quem está em uma posição de liderança. Ser adaptável é determinante para tomar decisões alinhadas com as necessidades de cada etapa.

Há algumas décadas, as habilidades técnicas bastavam para se destacar em seu segmento. Nos dias atuais, é fundamental demonstrar também outras habilidades, como inteligência emocional. Saber investir nos atributos comportamentais e emocionais é crucial para alcançar bons resultados. Continue lendo para entender qual é a importância da adaptabilidade na liderança.

Comece a ter o

Destaque

que você merece!

Preencha os campos abaixo para receber o e-book.

O que é adaptabilidade?

A adaptabilidade nada mais é do que a capacidade de adaptação frente a novos cenários ou transformações. Essa habilidade pode ser aplicada em várias áreas, como a biologia, por exemplo. Nessa disciplina, a adaptabilidade é entendida como uma característica comportamental natural. A partir da adaptação um organismo, se torna capaz de sobreviver em um determinado habitat. 

A partir da compreensão da adaptabilidade na biologia, é possível visualizar esse conceito sob outros pontos de vista que demandam respostas a mudanças. Pode ser muito difícil conviver com a incerteza em relação ao futuro. Contudo, é certo que mudanças acontecerão. Frente às mudanças é natural que a primeira reação seja questionar, sentir medo ou resistir. 

Cada indivíduo pode escolher se vai enfrentar o novo com coragem, tirando o melhor, ou com negatividade, se contentando com o pior. A adaptabilidade é a capacidade que permite a pessoa aceitar as mudanças e aprender com elas. Ver os pontos positivos é muito importante. Toda mudança carrega em si uma oportunidade de ver as coisas sob uma nova perspectiva. 

Afinal, qual é a importância da adaptabilidade na liderança?

Para assumir o lugar de liderança em uma equipe é essencial ter flexibilidade e adaptabilidade. Essas características são cada vez mais valorizadas, pois delas depende uma boa condução dos subordinados. O mercado passa por mudanças constantes e conseguir levar a equipe na direção certa é crucial. 

Esse ambiente de constantes mudanças gera impactos irreversíveis na comunicação e nas relações entre as pessoas. O líder que consegue se adaptar às novas exigências mercadológicas sem grandes dificuldades tende a extrair o melhor dos seus liderados. Isso porque consegue desenvolver uma relação pautada pelo respeito e pela flexibilidade

Nada está parado, tudo está sempre em movimento ou, pelo menos, pronto para se mover se for necessário. As dificuldades que eventualmente surgem podem ser facilmente superadas com uma conversa e uma visão de futuro. A adaptabilidade é o segredo do líder do futuro que não se prende ao presente ou ao passado.

Adaptabilidade: principais atributos

Confira abaixo os principais atributos de pessoas com boa capacidade de adaptabilidade.

Flexibilidade

O líder que possui adaptabilidade tem “jogo de cintura”, ou seja, consegue lidar com situações variadas sem se abalar.

Curiosidade

Demonstra interesse por novidades e está sempre pronto para aprender. 

Coragem

Aquele que tem facilidade para se adaptar não se sente ameaçado frente às mudanças, logo, é alguém corajoso.

Resiliência

Na Física, a resiliência é a capacidade de um material retornar a sua forma original, mesmo após sofrer forte pressão. Uma pessoa resiliente é aquela que consegue superar dificuldades e crises sem perder a sua essência e os seus valores. 

Todos esses atributos são determinantes para que um líder tenha bons resultados na condução de sua equipe. Afinal, é crucial estar pronto para contornar dificuldades e se mostrar resiliente frente aos problemas. Também é essencial ter coragem e curiosidade para evitar perder o caminho das mudanças e deixar de conduzir a equipe para os resultados positivos.

Adaptabilidade organizacional: o que é?

Além de contar com líderes com boa capacidade de adaptação, é essencial que as empresas adotem uma postura de adaptabilidade organizacional. Em linhas gerais, trata-se da capacidade da empresa de quebrar paradigmas, desafiando os limites. Nem toda companhia está aberta para a mudança de seus métodos e processos. 

A era digital criou a necessidade de que as organizações estejam abertas para mudanças em suas metodologias. Os consumidores assumiram um papel mais ativo na configuração do mercado e, dessa forma, é importante ter adaptabilidade para responder às demandas deles. Nesse contexto mercadológico, essa habilidade se tornou a base para um bom posicionamento. 

Para desenvolver a adaptabilidade organizacional, é importante que as empresas desenvolvam a sua capacidade de mudança e se mostrem mais flexíveis. A capacidade de mudar tem a ver com o entendimento da necessidade de mudar, ou seja, com a etapa de planejamento. Em seguida, temos a estratégia que diz respeito à implantação de mudanças. 

A flexibilidade é a habilidade exercitada por meio da prontidão de resposta com revisão de estratégia e tomada de decisões ágeis. A ideia é acompanhar as transformações do mercado, mantendo a companhia competitiva em seu mercado. Investir na adaptabilidade organizacional é uma forma de preparar a instituição para uma gestão mais qualificada com controle de impactos. 

Programa da gestão de mudança

A forma mais prática de incentivar a adaptabilidade nas lideranças e na empresa como um todo é ter um programa de gestão da mudança. A base para condução de um programa desses é a investigação da curva de aceitação da mudança.

Trata-se de entender qual é o período que os colaboradores demoram para entender e assimilar as transformações cotidianas. Essa curva possui oito estágios, confira abaixo:

1. Interesse inicial

Normalmente, a primeira reação frente a uma mudança é a curiosidade, o despertar do interesse das pessoas. 

2. Choque

O momento seguinte à curiosidade tende a ser desconfortável. Trata-se da etapa em que há a ciência de que a mudança está em curso. Nem sempre o colaborador entende a necessidade de mudar. 

3. Negação

É a etapa em que existe resistência ao novo, pode acontecer fuga da realidade. 

4. Raiva

É o momento em que o colaborador entende que a transformação permanecerá e pode reagir de forma impulsiva. 

5. Barganha

Momento em que o colaborador tenta compensar o seu desconforto, voltando sua atenção para algo que seja positivo. 

6. Adaptação

Momento em que a aceitação da mudança começa a acontecer e pode ser até que essa transformação ganhe um viés positivo. 

7. Teste

É o momento em que o indivíduo toma coragem e decide experimentar o novo, entendendo que há benefícios. 

8. Aceitação

Finalmente a mudança é aceita e se entende que é possível até mesmo tirar proveito da situação. 

Gostou de saber mais sobre a adaptabilidade? Tente desenvolver essa habilidade na sua liderança e na sua empresa!

E aí, curtiu esse conteúdo?

Saiba que ele é apenas a pontinha do iceberg e você pode desenvolver suas habilidades de liderança muito mais. Baixe agora o ebook Leader Coach e aprenda como extrair o máximo resultado da sua equipe.
Preencha o formulário, é de graça.
José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010
CNPJ: 31.328.744/0001-63