A influência das redes sociais na visibilidade das empresas e dos colaboradores

Redes Sociais

A influência das redes sociais nas empresas e na vida dos colaboradores

 

O fácil acesso à conexão e novas tecnologias, permitiu que as interações pessoais acontecessem de forma mais ágil e eficaz, além de ter aumentado o uso das redes sociais, uma tendência capaz de difundir opiniões e influenciar no comportamento das pessoas.

Nesse contexto, as redes sociais se tornaram grandes aliadas, não só no processo de aproximação das pessoas ao redor do mundo inteiro, mas também de profissionais e empresas, que encontraram nelas uma nova maneira de darem visibilidade ao trabalho que desenvolvem, bem como aos produtos e serviços que oferecem no mercado.

É exatamente sobre esta influência na visibilidade de empresas e colaboradores que vou escrever hoje, para que você compreenda como funciona este processo, quais são as melhores práticas a serem adotadas, para se tornar ainda mais conhecido no mercado, e quais devem ser evitadas, para não causar uma impressão negativa nos clientes e demais stakeholders.

Acompanhe-me nesta leitura e confira:  

O que são redes sociais?

Antes de prosseguirmos é importante entender o conceito de redes sociais e de que forma ele surgiu para conectar pessoas e contribuir com o processo de crescimento de empresas e profissionais.

As redes sociais, conforme conhecemos hoje, ou seja, no mundo virtual, são sites e aplicativos, com diversos objetivos e finalidades, como profissional, de relacionamentos, entre muitos outros. Através destas plataformas, pessoas e empresas, ao redor de todo o mundo, conseguem se conectar e compartilhar informações de acordo com seus perfis e com o que estejam em busca no universo online.

O surgimento deste formato de redes sociais as quais temos acesso atualmente ocorreu em 1997, com a criação do site SixDegrees.com, que permitia que seus usuários criassem um perfil e adicionassem outras pessoas, para que também pudessem criar seus perfis e compartilhar informações umas com as outras.

Hoje o site já não existe mais, porém abriu portas para que muitos outros surgissem em seguida, como o MySpace, Orkut, que durante muitos anos dominou a preferência dos usuários, MSN Messenger, Skype, e a rede que, atualmente, é a grande líder em seu mercado, o Facebook.

Além do Facebook, hoje temos acesso a formatos ainda mais aprimorados e modernos de redes sociais, como é o caso do Instagram, LinkedIn, WhatsApp, Snapchat, Twitter, entre muitas outras, que permitem que mais e mais pessoas estejam conectadas umas às outras, bem como ao conteúdo que as empresas e marcas com as quais mais se identificam publicam online.

As redes sociais e as empresas

Como tivemos a oportunidade de perceber até aqui, as redes sociais são ótimas plataformas de comunicação e marketing e se utilizadas com excelência podem agregar valor à sua empresa e, principalmente, dar-lhe a visibilidade de que precisa, para se destacar no mercado em que atua. Se seu negócio ainda não está presente no meio online, saiba que você está perdendo bastante espaço em relação aos seus concorrentes.

Digo isso, pois atualmente é praticamente inconcebível que uma marca não tenha presença online e uma estratégia de marketing digital bem definida, para atingir de forma cada vez mais assertiva o seu público-alvo. Diante disso, é necessária a elaboração de um planejamento para as redes sociais, além de estudos sobre o mercado e o comportamento dos consumidores da sua empresa, pois, com isso, a empresa terá muito mais chances de alcançar resultados extraordinários em sua trajetória.

Tendo em mente a importância deste processo para qualquer tipo de empresa, é essencial entender que a comunicação é um elemento fundamental para que seja possível alcançar o êxito. Sendo assim, contratar um profissional, uma agência ou empresa especializada na área também é imprescindível, pois as informações que circulam na rede correm rápido e podem ajudar ou acabar prejudicando a imagem da organização em questão de minutos, caso não sejam devidamente tratadas.

A seguir, algumas dicas de como a empresa deve utilizar as redes sociais a seu favor:

Dicas para ter mais visibilidade nas redes sociais

  • Estabeleça a mesma identidade no meio online e no off-line;
  • Use modelos de identidade padrão;
  • Acompanhe as empresas concorrentes;
  • Utilize ferramentas para mensurar as redes sociais da sua empresa, assim como a interação dos seus clientes;
  • Não divulgue informações e comentários da empresa e dos seus clientes em canais não oficiais;
  • Não discorde publicamente do seu cliente, pois isso pode abrir discussão com os demais consumidores. Converse de forma privada com o cliente;
  • Em sua comunicação, utilize a língua portuguesa de forma clara e objetiva, observando a gramática e ortografia corretas. Isso gera credibilidade e evita opiniões ambíguas.
  • Não use as redes sociais para desqualificar as empresas concorrentes;
  • Mantenha os dados sigilosos da empresa longe das redes sociais;
  • Não apague os comentários críticos, apenas spam, linguagem e material ofensivo. Lidar com as críticas construtivas é essencial para você melhorar o seu negócio. Assim, é essencial dar um retorno ao cliente que está reclamando, tanto publicamente, quanto de forma privada, para que assim você transmita credibilidade ao público que segue a sua marca no mundo online.
  • Equilibre a quantidade de postagens. O excesso de publicações pode causar repulsão por parte dos clientes que interagem com a sua marca através do meio online. Postar pouco também não é vantajoso, seu negócio pode cair no esquecimento. O essencial e avaliar a quantidade de acordo com o negócio é fazer um acompanhamento constante, para verificar o que tem dado certo, e deve ser mantido, e o que precisa ser melhorado ou eliminado.

A influência das redes sociais para os colaboradores

É essencial que o colaborador também tenha cuidado ao usar as redes sociais, incluindo os perfis pessoais. Elas devem, além de proporcionar entretenimento, ser um suporte que agregue valor à carreira profissional de quem a utiliza. Sem contar com o fato de que muitas vezes, a imagem que se transmite acaba se fundindo com a empresa em que você trabalha, e isso, em determinadas situações, pode ser um problema.

Sendo assim, é necessário que ao fazer publicações em sua rede social, você pondere os assuntos, a linguagem e entenda que nem todo assunto deve ser abordado no meio online, visto que eles revelam muito sobre sua postura e personalidade. A dica vale também para os perfis com acesso a um número restrito de pessoas, pois tudo o que você posta pode ser visto e usado por alguém.

Entenda que atualmente, muitos gestores e recrutadores consultam as redes sociais do possível colaborador, então é importante ter cuidado para não prejudicar a sua própria imagem profissional.

Dicas para se posicionar bem nas redes sociais

  • Evite fazer postagens sobre assuntos polêmicos, tenha cuidado ao manifestar sua opinião pois elas podem ser diferentes da conduta da empresa que você trabalha ou que pode vir a trabalhar;
  • Publique sua opinião apenas em nome próprio, não a associe à empresa que você trabalha;
  • Não poste sobre a rotina de trabalho e os processos da empresa, preze pelo sigilo profissional;
  • Cuidado ao expor em excesso a sua vida íntima e informações financeiras;
  • Tome cuidado com fotos em festas, bebendo ou em situações incomuns. Elas podem acabar não sendo bem interpretadas pelos gestores da empresa que você trabalha ou por algum empregador;
  • Evite participar de comunidades de conteúdo racista, machista, homofóbico ou preconceituoso de forma geral;
  • Não fale mal da empresa ou dos outros colaboradores nas redes sociais. Isso pode ser visto como falta de profissionalismo e fidelidade à empresa. O mesmo vale para empregos e gestores anteriores.

Outro fator que deve ser levado em conta pelo colaborador é o uso das redes sociais no local de trabalho. Em muitas empresas o uso pessoal não é proibido. Assim, é importante que você certifique-se se esse é o caso do local em que você trabalha, lembrando-se sempre de usá-las com cautela e sem prejudicar a sua performance no emprego. Opte por acessá-las nos intervalos, por exemplo.

O uso correto das redes sociais, pode ser um ótimo aliado no networking e desenvolvimento profissional, caso sejam bem utilizadas.

Para as empresas que não possuem regras quanto ao uso das redes sociais no ambiente de trabalho, é viável o estabelecimento de um guia de conduta, para que nenhuma das partes seja prejudicada ou se sinta injustiçada.

Uma boa opção também é o uso de redes corporativas, onde as empresas podem criar sua própria rede social e usá-las para otimizar o trabalho e a rotina de seus colaboradores, tornando-se assim, uma ferramenta de interação.

As redes sociais são um canal de comunicação que pode ser muito útil para aumentar a visibilidade de uma empresa ou auxiliar na vida profissional de um colaborador. Mas lembre-se sempre de se lembrar de nunca esquecer que o seu uso indevido pode causar danos irreversíveis para ambas as partes.

Sendo assim, seja você gestor ou colaborador, empreendedor ou empresário, pondere o que será postado em suas próprias redes sociais e nas páginas oficiais da sua empresa, bem como tenha cuidado ao expressar opiniões e fornecer informações, isso pode ser sua vitória ou sua ruína.

Agora me responda: você já parou para pensar se o modo como você tem usado suas redes sociais é o correto? Deixe o seu comentário, falando sobre a sua experiência e lembre-se de compartilhar o conteúdo em suas redes sociais, com seus amigos.

Copyright: 428687383 – https://www.shutterstock.com/pt/g/refex

 

E aí, curtiu esse conteúdo?

Saiba que ele é apenas a pontinha do iceberg e você pode desenvolver suas habilidades de liderança muito mais. Baixe agora o ebook Leader Coach e aprenda como extrair o máximo resultado da sua equipe.
Preencha o formulário, é de graça.
Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010