Fechar
Para trilhar seu caminho você precisa dar o primeiro passo
Valor do curso: Gratuito
Preencha o formulário e aproveite esta oportunidade incrível
Qual sua profissão atual/área de atuação?*
Administrador / Gestor / Líder
Psicólogo / Psicanalista / Terapeuta
Empresário / Empreendedor / Dono de Empresa
Consultor / Vendedor
Professor / Pedagogo / Treinador / Palestrante
Outros
O que você procura com o coaching?*
Quero multiplicar o Coaching dentro da empresa onde trabalho.
Sou psicólogo ou psicanalista e quero ampliar as possibilidades de trabalho.
Quero usar as técnicas para aplicar na minha carreira e me destacar no mercado.
Busco o autoconhecimento e minha evolução pessoal.
Quero melhorar minha liderança e a performance da minha equipe.
Quero me tornar um Coach e viver disso.

O que é Liderança?

29/10/12
liderança e estratégia
Ser líder e chefe são duas coisas totalmente opostas. Você sabe a diferença?

O termo liderança nunca esteve tão em alta como nos últimos anos. Apesar de muitos conhecerem essa palavra, nem todos entendem realmente o seu significado. No dicionário diz “relativo a líder. Comando, direção, hegemonia”. Geralmente, o líder é automaticamente associado com o chefe, mas existe uma grande diferença entre as duas funções que, no final das contas, acaba impactando diretamente no bom andamento da corporação.

O chefe é aquela pessoa que dá ordens sem guiar sua equipe. Ele está mais preocupado com suas funções e seu benefício do que com seus colaboradores e, com isso, acaba sendo autoritário e pensando unicamente em resultados e lucros. Por ter um status profissional mais privilegiado, ele age com superioridade e autoridade, fazendo questão de sempre mostrar para seu time quem que manda. O chefe se torna temido e evitado pelos demais colaboradores.

Já o líder é uma pessoa que inspira e guia a sua equipe. Ele diz “nós vamos” ao invés de “você vai” e pensa no processo das atividades, pois para ele, a responsabilidade deve ser dividida entre todos, inclusive ele mesmo. Com isso, ele tem um relacionamento bom com seus colaboradores, pois sempre escuta eles e está aberto para mudanças que sejam positivas para a empresa. O líder estimula a criatividade e motiva seus colegas a progredirem, pois crê que o bem-estar e boa funcionalidade de sua equipe é tão importante quanto os resultados.

Para se aperfeiçoar como um bom líder é necessário seguir alguns passos:

- Seja claro e comunicativo com seu time. Esteja sempre atento às suas necessidades e sugestões. Outro ponto importante é sempre dar um feedback e ser claro quanto ao futuro do colaborador dentro da empresa.

- Reconheça que cada um tem seus defeitos e qualidades e aproveite para ajudar seus colaboradores a ressaltarem seus pontos positivos no ambiente corporativo.

- Saiba tomar decisões. Lembre-se que sua equipe irá confiar e depender de você, então seja coerente e analítico na hora de tomar decisões sem que isso prejudique seus colegas.

- Seja um exemplo. Ao se tornar uma pessoa que seus funcionários admiram, isso irá inspirá-los a progredir e também a te respeitar, ao invés de temerem sua presença.

- Busque conhecimento contínuo. Nunca deixe de se aperfeiçoar, pois isso poderá fazer toda a diferença no momento de guiar seus colegas de trabalho ou de tomar decisões complicadas.

- Seja otimista. Ao se tornar uma pessoa positiva, você contagia os outros ao seu redor. Um ambiente agradável irá inspirar e motivar toda a equipe, que irá trabalhar de uma forma mais enérgica e, assim, conseguirá alcançar resultados e bater metas de uma maneira mais eficaz.

As Teorias da Liderança

O interessante é que não existe apenas um modelo de liderança, e isso ocorre pelo fato dos seres humanos possuírem seus próprios desdobramentos em suas personalidades que combinados às suas experiências de vida e características naturais, resultaram em seus comportamentos profissionais e pessoais.

Então, a liderança se torna alvo de estudo de especialistas em Recursos Humanos, e não apenas nesta área, para tentarem conseguir entender o que leva uma pessoa a ser um líder. Deste modo, foram criadas teorias que traçam perfis para assim identificar os diferentes tipos de liderar.

São muitas as teorias que surgiram com o passar das décadas. As primeiras tiveram o seu início aproximadamente na década de 1930.

perfil de liderança
Um bom líder pode modificar todo o ambiente profissional e inclusive os relacionamentos entre os colaboradores

Teoria dos Traços de Liderança

A Teoria dos Traços da Liderança foi uma das primeiras teorias a serem formuladas, mas com a realização de pesquisas, logo ela foi derrubada.

Esta teoria indicava que os líderes possuíam traços em suas personalidades que os diferiam do resto da população. Não apenas na personalidade, mas também nos traços físicos.

Pesquisas mostraram que esses traços não eram exclusividade dos líderes e que outras pessoas também os possuíam. Mas, isso não exclui a possibilidade de que tais características ajudassem na criação da imagem de um líder, sendo esta teoria algo aceitável até uma análise mais profunda.

É de conhecimento de todos que os líderes possuem um carisma nato, uma autoridade natural e um poder de influência muito forte. Outras características como inteligência, caráter íntegro, por exemplo, são traços que podem ser encontrados em pessoas que não têm a liderança na sua natureza.

Teoria dos Estilos de Decisão dos Líderes

Já a Teoria dos Estilos de Decisão dos Líderes, que também surgiu na mesma época da anterior, levanta um estudo sobre o comportamento do líder ao tomar decisões. Com ela, foram encontrados três tipos distintos: o liberal, o democrático e o autocrático.

É fácil identificar as características de cada tipo. O liberal permitia aos liderados decidirem entre si quais eram as melhores soluções e atitudes a serem tomadas. O Democrático possibilitava a participação dos subordinados nas tomadas de decisão junto ao líder. E, finalmente, o Autocrático, estilo de decisão excluía o envolvimento dos que eram liderados e somente ao líder cabia o poder de tomar decisões sem nenhuma interferência de outros.

Esta teoria permite que nós nos aprofundemos no estudo do comportamento do líder, pois estes três tipos podem nos levar a outros resultados e concepções sobre o estilo de cada líder.

Teoria Situacional

Busca identificar a situação que ocorre e então procurar a teoria mais aplicável para o que está acontecendo. Ela considera que existem milhares de situações possíveis dentro de um grupo liderado e muitos perfis de líderes ao redor do mundo, o que faz com que os padrões não se apliquem a todos, pois as infinidades de combinações entre os tipos de lideranças e situações que podem ocorrer não permitem que tracem um perfil com tanta certeza.

Teoria do Carisma

Invoca esta característica do líder para ser o principal fator pelo qual ele exerce sua liderança sobre os seus liderados. Com este traço o líder cria uma empatia com seus seguidores, influenciando-os de forma natural a realizarem o seu papel, motivando-os a se ajudarem para conseguir chegar até o objetivo traçado.

Teoria da Atribuição

É um processo bastante natural e que mostra claramente quem é o líder ou não dentro de um grupo de pessoas. É a criação de um líder dentro de um conjunto de pessoas com o consentimento geral delas, um dos principais requisitos para um ser humano se tornar o líder.

Ainda há dois tipos de liderança a serem citados, são os dois: a Teoria da Liderança Transacional e a Teoria da Liderança Transformacional.

Teoria da Liderança Transacional

Bem, na primeira teoria citada temos uma relação entre o líder e o subordinado bastante incomum, que é quando os dois trocam de papéis. Mas, há cuidados a se tomar nesta afirmação. Esta transação pode ocorrer em aspectos políticos, econômicos e psicológicos. Não é uma troca forçada, é apenas algo que irá trazer benefícios e necessário numa situação.

Teoria da Liderança Transformacional

A Teoria da Liderança Transformacional é aquela em que o líder cria um vínculo com os seus liderados, criando uma relação mais diferente das demais. Nesta teoria os dois evoluem juntos com as situações que forem encarando no seu dia a dia.

Os dois aprendem junto e o líder, com uma empatia bem mais sensível que o normal, ajuda os seus seguidores a serem pessoas mais completas. Não é apenas um grupo de pessoas dispostas a seguir um homem, mas sim abertas a uma oportunidade de crescimento como seres humanos.

Como podemos observar, existem diversas teorias que traçam perfis diferentes de líderes com base em determinadas características. Se analisarmos todas conjuntamente, podemos chegar à conclusão que um bom líder é carismático, companheiro, sabe tomar decisões, ouvir na essência, compartilhar experiências, tem iniciativa, é empreendedor, conquista o respeito dos liderados por seus exemplos e é dono de virtudes distintas.

Confira nosso artigo sobre grandes líderes mundiais e se inspire:

http://www.ibccoaching.com.br/blog/lideranca-blog/quem-sao-os-grandes-lideres-mundiais-da-atualidade/

Compartilhe esse post

Sobre o autor

Autor

José Roberto Marques

José Roberto Marques é presidente do IBC, Master Coach Senior e Trainer. Um dos pioneiros em Coaching no Brasil, com mais de 25 anos de experiência em treinamento e desenvolvimento humano. Fundador e também presidente da Editora IBC, possui diversas obras publicadas. É professor convidado da Universidade de Ohio. Como Coach atende CEO’s e líderes de grandes organizações.

Deixe seu comentário

Seja um Coach!

Concordo com a Politica de Privacidade Ao concordar com a politica e privacidade você aceita receber e-mails do IBC com conteúdos gratuitos de Coaching, informativos de palestras e cursos do IBC

Redes sociais