Trabalho em equipe: Habilidade essencial para o mercado de trabalho

trabalho-em-equipe

Saber trabalhar em equipe é uma habilidade que garante rapidez e eficiência para as empresas. 

 

Em se tratando de trabalho em equipe, o tricampeão mundial de Fórmula 1, o brasileiro Ayrton Senna, tem uma frase que ainda hoje tem muito a nos ensinar e inspirar. Sua reflexão diz – “Eu sou parte de uma equipe. Então, quando venço, não sou eu apenas quem vence. De certa forma termino o trabalho de um grupo enorme de pessoas!”. O ensinamento que ele nos traz é o de que ninguém faz nada só e de que, para trabalhar em conjunto, ter consciência do valor da contribuição do outro faz toda diferença na construção dos resultados.

E você, sabe trabalhar em equipe? Faço esta pergunta por que esta competência é uma das habilidades mais valorizadas atualmente pelo mercado de trabalho e de forma alguma deve ser negligenciada. Embora todos os profissionais tenham suas próprias competências individuais, somente quando seus conhecimentos, ideias e suas experiências se juntam equalizadamente, é que os grupos ficam de fato mais fortes, preparados e competitivos.

Neste sentido, fomentar o trabalho em equipe é um desafio não apenas das empresas brasileiras. Em todo o mundo, as organizações de todos os segmentos e portes estão buscando modelos mais efetivos para formar, coordenar e alinhar seus grupos de profissionais e fazê-los somar suas forças. Neste sentido, uma pesquisa realizada pela Deloitte, empresa de consultoria, em mais de 130 países, constatou que apenas 38% das grandes organizações têm políticas efetivas focadas na formação de times visando o trabalho em equipe.

Na prática, isso quer dizer que embora tenham profissionais trabalhando juntos que, em muitos casos, as operações são feitas de forma geograficamente independente. Isso quer dizer que se uma empresa tem várias filiais, que cada uma delas gerencia suas atividades de forma distinta uma da outra. Ou seja, sem haver um alinhamento sistêmico entre suas ações em equipe.

Na realidade é como se houvessem várias culturas diferentes dentro de uma mesma cultura organizacional, o que é impensável quando se fala em alinhamento da missão, visão e dos valores de um negócio.  Neste sentido, ainda segundo a pesquisa da Deloitte, 86% das sete mil empresas entrevistas considera essencial fazer um alinhamento cultural, de modo a medir, entender, fomentar e alinhar suas ações de forma sistematizada.

Não por acaso, desenvolver uma visão sistêmica sobre seu papel individual e coletivo é um dos primeiros passos para um profissional aprender como trabalhar em equipe. Portanto, busque expandir seu mindset neste sentido e procure desenvolver as habilidades necessárias à execução conjunta das ações, tarefas e projetos.

7 Fatores que Dificultam e Sabotam o Trabalho em Equipe

Obviamente que todos os profissionais querem uma chance de se destacar na carreira e conquistar seu espaço, contudo somente quando entendem que os resultados de uma organização são a somatória dos esforços de todos os seus membros é que finalmente podem colher os benefícios da sinergia do conjunto.

É como um time de futebol: para vencer não basta que o atacante marque os gols se a defesa deixar passar todas as investidas do adversário. Como tal, somente quando todos os jogadores tiverem espírito de equipe e colocarem seus objetivos em comum acima dos individuais é que poderá conquistar vitórias e vencer campeonatos. Do contrário, a equipe estará fadada a derrota.

Logo, aprender a trabalhar em equipe se tornou uma necessidade e também um diferencial. Para isso, vou mostrar cinco exemplos de comportamentos negativos que podem dificultar um profissional neste sentido. Confira:

 

  • Individualismo e Falta de Objetivos

 

A ideia do cada um por si e de Deus por todos, embora ultrapassada, ainda faz parte da mentalidade de muitos profissionais que acreditam que sozinhos são melhores e mais fortes do que trabalhando em conjunto. Este individualismo é também um dos maiores dificultadores na hora de formar as equipe de trabalho, pois quando os interesses não estão alinhados, dificilmente a empresa consegue alcançar os resultados esperados.

Outro ponto que impacta diretamente na sinergia de um grupo é a falta de objetivos, pois quando os alvos não estão bem definidos, maiores são as chances da equipe se dispersar e perder complemente o foco. Isso além de aumentar a improdutividade também deixa os colaboradores desmotivados.

 

  • Liderança Despreparada

 

É papel do gestor formar equipes de alto desempenho; com profissionais com conhecimentos e experiências complementares, que possam juntos colaborar para o crescimento um do outro, construir projetos importantes e ser bem-sucedidos em suas ações. Contudo, quando o líder não tem preparo ou tato para unir no momento certo as pessoas certas e, especialmente, para gerenciar a execução do seu trabalho, o que poderia ser uma força acaba se tornando uma fraqueza.

 

  • Falta de Comprometimento

 

O trabalho em equipe só funciona quando todos estão verdadeiramente comprometidos, motivados e engajados em fazer o seu melhor. Isso significa em dar as melhores ideias e soluções, propor mudanças positivas e em contribuir ativamente para o alcance efetivo dos resultados projetados.

Isto inclui também o respeito aos colegas, clientes e líderes, aos prazos, às regras da empresa, bem como a si mesmo, pois quando um profissional não dá o seu melhor, antes de tudo, ele está prejudicando a si mesmo.

 

  • Inflexibilidade

 

Trabalhar em equipe é buscar conciliar não apenas ideias, experiências e conhecimentos, mas também os mais diferentes pontos de vista. Assim como eu e você, cada um tem sua história e sua formação e ninguém é obrigado a pensar igual a ninguém. Ainda assim, respeito é algo que nunca pode faltar!

Por isso, o grande diferencial do trabalho em equipe é justamente congregar as diferenças para tornar as ações do time mais assertivas, diferenciadas e poderosas. Neste sentido, se os profissionais se mostram inflexíveis às ideias dos seus colegas e que discordam o tempo todo uns dos outros, consequentemente, também não conseguem realizar um bom trabalho juntos.

 

  • Comunicação Ineficiente

 

Outro ponto que afeta diretamente os resultados de um grupo é a ineficiência na comunicação entre as pessoas que o compõem. Isso vai desde informações desencontradas, que levam a trabalhos duplicados ou dúvidas sobre a conduta ou mesmo capacidade dos colegas e, especialmente, à inflexibilidade dos profissionais de não querer ouvir e compreender o que o outro está falando.

Em essência, se não houver respeito, abertura e empatia, a comunicação dificilmente surtirá os efeitos desejados, pois numa atividade em grupo é preciso que as pessoas troquem constantemente conhecimentos, ideias e informações. Do contrário, a falta de comunicação acabará boicotando todo o trabalho e prejudicando tanto os profissionais como a própria equipe.

 

  • Desvalorização do Trabalho do Colega

 

Outro aspecto que prejudica bastante os bons resultados no trabalho em conjunto é a falta de valorização ao trabalho dos colegas e a falta de respeito de uns para com o trabalho do outro. Quando cada colaborador acha que sabe mais do que o outro, que é mais preparado, experiente ou importante, logo os conflitos de ego passam a reinar no grupo, o que torna impensável o trabalho em equipe.

É preciso ficar bastante atento a estes tipos de comportamentos, pois dependendo do grau de maturidade das pessoas envolvidas, esta desvalorização pode levar a discussões acaloradas para ver quem é o “melhor”, gerar desunião, improdutividade, ataques pessoais e também uma competitividade nada saudável.

  • Falta de Sinergia no Grupo

Uma das habilidades de um líder inteligente é saber unir as pessoas certas para trabalhar em grupo, ou seja, aquelas que têm sinergia e que são mais abertas a tarefas que exigem a intercolaboração. Diferente de outras competências, a sinergia é algo que um profissional tem quase que naturalmente, pois demonstra um comportamento positivo e aglutinador.

Logo, são funcionários mais abertos à junção de diferentes profissionais num mesmo grupo ou ambiente, pois além de acharem a experiência enriquecedora, também estão sempre dispostos a colaborar com o seu melhor para a construção dos resultados.

Por outro lado, colocar profissionais que não se suportam juntos e sem uma supervisão direta pode ser realmente desastroso, pois quando suas diferenças profissionais ou mesmo pessoais estão acima dos objetivos comuns, a postura que adotam acaba sendo prejudicial a todo mundo.

Principais Vantagens do Trabalho em Equipe

 

  • Formação de times sinérgicos, preparados e de alto desempenho;
  • Troca enriquecedora de conhecimentos, experiências e informações;
  • União de profissionais com diferentes experiências e conhecimentos;
  • Fomenta a colaboração entre profissionais de diferentes áreas;
  • Junta mentes diferentes para solucionar os problemas da empresa;
  • Oportunidade de unir diferentes gerações em projetos importantes;
  • Incita a melhoria das relações interpessoais entre os colegas;
  • Acelera a realização dos projetos e a construção dos resultados;
  • Atribui papéis e responsabilidades importantes aos profissionais;
  • Ajuda a melhorar a qualidade do clima no ambiente de trabalho;
  • É uma forma de a empresa dar oportunidade a que seus profissionais mostrem suas habilidades e capacidades técnicas e comportamentais;
  • Ajuda a promover uma comunicação mais assertiva na empresa;
  • Instaura uma competitividade profissional positiva entre as equipes;
  • Promove a união, empatia, senso de grupo e o respeito às diferenças.

 

5 Dicas Para Desenvolver sua Capacidade de Trabalhar em Equipe

Como vimos até aqui, a capacidade de trabalho em equipe é um atributo essencial aos profissionais que buscam crescer e conquistar um lugar de destaque em suas carreiras. Também é uma forma de aprender, ensinar e trocar conhecimentos e experiências com colegas de outras áreas da empresa.

A seguir, eu vou apresentar algumas ações que podem lhe ajudar no desenvolvimento desta competência, bem como a potencializar os seus resultados. Continue lendo e saiba quais são elas:

Esteja Aberto ao Trabalho em Conjunto

Muitas pessoas trabalham em equipe porque são obrigadas, designadas por seus líderes e não necessariamente porque gostam. Este é o primeiro desafio a vencer, desenvolver um espírito coletivo, pois sem uma abertura verdadeira para trabalhar com outras pessoas por um mesmo propósito e durante um determinado período, os resultados nunca serão consistentes. Esta inabilidade pode, inclusive, atrapalhar sua carreira e prejudicar o seu emprego.

Se você teve experiências negativas neste sentido, busque o quanto antes ressignificar estes acontecimentos, ou seja, encontre algum aspecto positivo que te ajude a crescer de alguma forma. Lembre-se ainda de que não é porque não deu certo uma vez que você deve desistir se permitir desistir de tentar.

Seja Proativo e Comprometido

Na prática isso quer dizer que, ao trabalhar em equipe, você deve buscar contribuir ativamente para a construção dos resultados e não esperar passivamente ser cobrado a fazer isso para então agir. Respeite o espaço dos seus colegas, contudo não deixe de mostrar a que veio: o que sabe; suas ideias; conhecimentos e as experiências que podem agregar valor ao trabalho.

Proatividade também tem a ver com demonstrar comprometimento, ter um espírito coletivo, ser positivo e mostrar-se sempre pronto a ajudar os demais membros da equipe, ou seja, a assumir as demandas e responsabilidades com entrega, empenho, senso de importância, lealdade e firmeza.

Respeite as Diferenças

Cada profissional tem sua história e sua forma de ver o mundo, bem como conhecimentos, talentos e experiências diferentes. O que torna o trabalho em equipe tão poderoso é que ele une justamente diferentes pessoas em prol de um objetivo comum. Para tal, é muito importante respeitar as diferenças, estar aberto a aprender com o outro, a compartilhar o que sabe e a somar sempre.

Assim, respeitar as diferenças se faz essencial ao sucesso do trabalho em equipe, pois é a somatória orientada dos diferenciais de cada um que vai potencializar o crescimento individual e coletivo e fomentar os bons resultados.

Desenvolva a Inteligência Emocional

Quando falamos em trabalho em equipe, desenvolver a inteligência emocional é ainda mais essencial. Isso porque é muito importante aprender a lidar com os próprios sentimentos, saber identificar os das outras pessoas, de modo a não sem deixar se levar por emoções impulsivas ou mesmo ideias sabotadoras.

Quando trabalhamos com pessoas diferentes podem surgir conflitos profissionais e divergências que, muitas vezes, levam a discussões acaloradas.  Ter autocontrole emocional ajuda a lidar com estes momentos de forma assertiva, sem ser agressivo ou demasiadamente emotivo e irracional.

Haja com Confiança e Seja Confiável

Quando o profissional é de confiança e respeita princípios positivos como a lealdade, a empatia e o respeito ao próximo, o trabalho em equipe se torna muito mais positivo também. Isso porque embora haja uma competitividade natural entre os profissionais quando trabalham juntos, é muito mais confortável trabalhar com colegas que são confiáveis e honestos, ou seja, que jogam juntos e querem sempre o melhor para todos.

Agir com confiança significa também não se intimidar diante dos projetos, demandas ou das pessoas que têm experiências e formações diferentes das suas. Empodere-se, mostre o que sabe, esteja disposto a aprender com seus colegas e a contribuir com o que já sabe. Lembre-se do seu valor e faça valer a pena sua oportunidade de trabalhar em equipe.

Invista em Coaching e Potencialize seus Resultados

Se você ainda tem resistência em trabalhar com as pessoas e em confiar nelas, saiba que o Coaching pode te ajudar a identificar as causas destes bloqueios, superar esta dificuldade e a aprender como se relacionar positivamente. Na prática, alguns dos benefícios do processo de Coaching são:

  • Maior autoconhecimento, empoderamento e motivação;
  • Melhoria na comunicação e no relacionamento interpessoal;
  • Ajuda aumentar o comprometimento com o trabalho em equipe;
  • Elimina crenças limitantes e comportamentos sabotadores;
  • Maximiza a autoconfiança, ajuda a aumentar a autoestima e o foco;
  • Ajuda a fomentar o senso de grupo e a sensação de pertencimento;
  • Promove resultados positivos tanto em grupo como individualmente;
  • Apoia a vencer a falta de engajamento e a procrastinação.

Gostou das dicas? Com certeza, com o auxílio do Coaching e essas atitudes positivas, você terá todo o suporte para conquistar ser cada vez mais bem-sucedido em seu trabalho. Por fim, termino com uma citação inspiradora do grande empresário americano, Andrew Carnegie – “O trabalho em equipe é o combustível que permite que pessoas comuns obtenham resultados incomuns”. Ouse fazer o seu melhor, desenvolva esta habilidade, aprimore outras e permita-se crescer em sua carreira jogando sempre junto com seu time.

Copyright: https://www.shutterstock.com/

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010